Brasil Acessível: O Guia Completo para Explorar Destinos Inclusivos em 2024

Brasil Acessível: O Guia Completo para Explorar Destinos Inclusivos em 2024

 

Este guia fornece uma visão abrangente sobre como viajar pelo Brasil de forma acessível e inclusiva em 2024. Com as dicas e informações fornecidas, esperamos inspirar e facilitar suas próximas aventuras pelo nosso belo país.


“O verdadeiro espírito de viagem não conhece barreiras.” – Rick Steves, especialista em viagens.

 

Desafios de Acessibilidade:

Mais de 50% dos turistas com deficiência deixam de viajar por falta de acessibilidade. Isso ressalta a importância de melhorar a infraestrutura turística para ser mais inclusiva​​.

Mais de 50% dos turistas com deficiência deixam de viajar por falta de acessibilidade

 

 

 

Viajar pelo Brasil em 2024 significa descobrir uma variedade incrível de paisagens, culturas e experiências acessíveis. Neste guia, vamos explorar os melhores destinos nacionais que se destacam pela inclusão e acessibilidade, garantindo que todos, independentemente de suas capacidades físicas, possam desfrutar das maravilhas do nosso país.

 

  1. Preparação e Planejamento para Destinos Brasileiros:
  • Escolhendo Destinos Acessíveis no Brasil: Dê preferência a cidades e atrações turísticas que têm investido em acessibilidade, como Rio de Janeiro, São Paulo, e Florianópolis.
  • Checklist de Acessibilidade para Hospedagem Nacional: Antes de reservar, verifique se o hotel ou pousada oferece instalações acessíveis, como banheiros adaptados e acessos sem barreiras.
  • Transporte Acessível pelo Brasil: Informe-se sobre opções de transporte acessível nas cidades que planeja visitar, incluindo táxis adaptados e transporte público com acessibilidade.
  1. Tecnologia Assistiva para Viagens Nacionais:
  • Aplicativos Úteis no Brasil: Use aplicativos que facilitam a locomoção e acessibilidade em cidades brasileiras, como o VLibras para tradução de libras.
  • Equipamentos de Mobilidade: Informe-se sobre locais onde você pode alugar cadeiras de rodas ou outros equipamentos de mobilidade, especialmente em grandes cidades e destinos turísticos.
  1. Direitos dos Viajantes com Deficiência no Brasil:
  • Conhecimento sobre Direitos em Viagens Nacionais: Esteja ciente dos seus direitos em relação a viagens aéreas e hospedagem dentro do Brasil. Os direitos das pessoas com deficiência ao viajar de avião são fundamentais para garantir uma viagem segura, confortável e acessível. Estes direitos variam de acordo com a legislação de cada país, mas geralmente incluem:
  • Assistência no Aeroporto e no Avião: As companhias aéreas são obrigadas a fornecer assistência durante o check-in, embarque, desembarque e conexões. Isso pode incluir cadeiras de rodas, veículos de transporte no aeroporto e assistência de pessoal treinado.
  • Transporte de Equipamentos de Mobilidade: As companhias aéreas geralmente permitem que equipamentos de mobilidade, como cadeiras de rodas ou dispositivos de assistência, sejam transportados sem custo adicional.
  • é um direito estabelecido que o acompanhante de pessoas com deficiência em viagens aéreas tem direito a um desconto mínimo de 80% no valor da passagem. Esta norma é regulamentada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e se aplica a todos os passageiros que não possam realizar sozinhos os procedimentos de segurança em caso de emergência​​. Este desconto é um aspecto importante para garantir a acessibilidade e a inclusão em viagens aéreas, proporcionando às pessoas com deficiência a oportunidade de viajar com suporte adequado.
  • Advocacia por Acessibilidade: Saiba como e onde reivindicar seus direitos caso encontre barreiras de acessibilidade durante suas viagens. No instagram você encontra diversos especialistas.
  1. Descobrindo o Brasil Acessível:
  • Destinos Acessíveis para Explorar: Além das metrópoles, explore destinos como Gramado, Búzios, e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que têm se destacado pela acessibilidade.
  • Histórias Inspiradoras de Viajantes com Deficiência: Compartilhe e leia relatos de pessoas que viajaram pelo Brasil, superando desafios e desfrutando de experiências enriquecedoras.
  1. Saúde e Segurança em Viagens Nacionais:
  • Cuidados de Saúde e Seguro de Viagem no Brasil: Não esqueça de verificar a cobertura de seguro de viagem e levar consigo informações importantes de saúde.
  • Gerenciamento de Emergências de Saúde: Saiba como agir em caso de emergências médicas, especialmente em áreas mais remotas.

 

 

 

  1. Mapeamento de Serviços Acessíveis no Brasil:

O Ministério do Turismo do Brasil realizou um mapeamento de atrativos, empreendimentos, produtos e serviços turísticos acessíveis, em parceria com a UNESCO. Este mapeamento inclui informações sobre produtos e serviços turísticos disponíveis no mercado turístico brasileiro, com foco em acessibilidade e mobilidade reduzida​​.

https://www.gov.br/turismo/pt-br/assuntos/noticias/conheca-produtos-e-servicos-turisticos-acessiveis-no-brasil

 

  1. Programa Turismo Acessível

O Programa Turismo Acessível constitui a política de acessibilidade do Ministério do Turismo e propõe uma série de medidas que visam promover a inclusão social e o acesso de pessoas com deficiência aos benefícios da atividade turística. Saiba mais

Conheça o Perfil do Turista com Deficiência 

Acesse o Mapeamento de Atrativos, Empreendimentos, Produtos e Serviços Acessíveis no Brasil

Não deixe de conferir: Dicas para Atender Bem Turistas com Deficiência

 

  1. Sites de Informações sobre Turismo Acessível: Existem vários sites que reúnem informações sobre turismo acessível, como o “Turismo Adaptado” e “Inclusive Journeys”. Eles oferecem dicas, histórias inspiradoras e informações sobre locais turísticos adaptados para pessoas com deficiência​​.

 

 

17 DESTINOS COM OPÇÕES DE ACESSIBILIDADE NO BRASIL

 

Foz do Iguaçu (PR)

Descrição: Foz do Iguaçu é pioneira em turismo acessível. A cidade oferece uma trilha segura no Parque Nacional para acesso às Cataratas do Iguaçu, além de paraquedismo acessível. Como Chegar: A cidade é servida pelo Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. Para pessoas com deficiência, há serviços de transporte adaptado disponíveis.

O que Fazer: Além de visitar as Cataratas, aproveite o paraquedismo adaptado e os passeios pelo Parque Nacional.

Link: Parque Nacional do Iguaçu – Cataratas

 

Brasília (DF)

Descrição: Brasília possui locais turísticos adaptados, incluindo o Congresso Nacional e a Praça dos Três Poderes. O Parque Nacional de Brasília oferece cadeiras especiais “Juliettis” para trilhas.

Como Chegar: Acesso por avião ao Aeroporto Internacional de Brasília. Transporte público acessível disponível.

O que Fazer: Visite o Congresso Nacional, a Praça dos Três Poderes e explore o Parque Nacional.

Link: Parque Nacional de Brasília

 

Uberlândia (MG)

Descrição: Uberlândia se destaca por suas obras públicas acessíveis, promovendo passeios com segurança e autonomia.

Como Chegar: A cidade é acessível por via aérea e terrestre, com infraestrutura adaptada para acessibilidade.

O que Fazer: Explore os espaços urbanos e parques da cidade, todos com facilidades de acessibilidade.

Link: Turismo Uberlândia

 

São Paulo (SP)

Descrição: São Paulo tem museus acessíveis como a Pinacoteca, MASP, Museu do Futebol e Museu da Língua Portuguesa.

Como Chegar: Facilmente acessível por avião, ônibus ou carro, com opções de transporte público adaptado.

O que Fazer: Visite os museus com recursos inclusivos como catálogos em braile e audioguias. Link: Pinacoteca do Estado de São Paulo

 

Bonito (MS)

Descrição: Conhecida por seu turismo de aventura inclusivo, oferece atividades como rapel, trilhas e mergulhos adaptados.

Como Chegar: Acesso pelo Aeroporto Regional de Bonito, com serviços de transporte adaptado.

O que Fazer: Aproveite as aventuras adaptadas, como mergulho em grutas e trilhas ecológicas. Link: Turismo em Bonito

 

Salvador (BA)

Descrição: Salvador tem atrações históricas com acessos adaptados e o projeto “Salvador pra Cego Ver”, que oferece experiências culturais com audiodescrição.

Como Chegar: O Aeroporto Internacional de Salvador oferece voos regulares. A cidade possui transporte público acessível.

O que Fazer: Explore o Pelourinho, com suas ruas adaptadas, e participe do projeto “Salvador pra Cego Ver”.

Link: Turismo Salvador – Salvador Pra Cego Ver

 

Rio de Janeiro (RJ)

Descrição: Após as Paralimpíadas de 2016, o Rio de Janeiro melhorou sua acessibilidade. Atrações como Cristo Redentor e Pão de Açúcar estão adaptadas (nota do autor: jardim botânico é excelente para cadeirantes).

Como Chegar: Acessível por via aérea pelo Aeroporto Internacional do Galeão. Transporte público adaptado disponível.

O que Fazer: Visite o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, ambos com acessibilidade aprimorada. Link: Turismo Rio – Acessibilidade

 

Fortaleza (CE)

Descrição: Fortaleza participa do Projeto Praia Acessível, com estruturas de segurança adaptadas no Beach Park.

Como Chegar: Acesso pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins, com várias opções de transporte adaptado.

O que Fazer: Aproveite as praias acessíveis e as atrações do Beach Park.

Link: Beach Park – Acessibilidade

 

Maceió (AL)

Descrição: Maceió é líder em quartos de hotéis adaptados e oferece jangadas adaptadas para pessoas com deficiência.

Como Chegar: O Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares oferece fácil acesso à cidade.

O que Fazer: Desfrute das praias com jangadas adaptadas e explore a cidade.

Link: Turismo Maceió – Acessibilidade

 

Socorro (SP)

Descrição: Socorro é um exemplo de acessibilidade, com adaptações em várias atrações e passeios ecológicos adaptados.

Como Chegar: Acessível por estradas bem conservadas, com sinalização adequada.

O que Fazer: Participe de atividades ao ar livre como tirolesa e rafting adaptados.

Link: Turismo Socorro – Aventura Acessível

 

Curitiba (PR)

Descrição: A cidade tem infraestrutura pública exemplar, com ônibus adaptados e o Jardim Botânico com trajeto sensorial.

Como Chegar: Acessível através do Aeroporto Internacional Afonso Pena. Transporte público adaptado disponível.

O que Fazer: Visite o Jardim Botânico e explore o centro histórico com acessibilidade.

Link: Turismo Curitiba – Acessibilidade

 

Ilha Bela (SP)

Descrição: Ilha Bela é conhecida por suas praias paradisíacas com cadeiras anfíbias disponíveis, tornando a experiência na praia acessível para todos.

Como Chegar: Acesso por balsa a partir de São Sebastião, com transporte adaptado disponível. O que Fazer: Desfrute das praias equipadas com cadeiras anfíbias e explore trilhas e cachoeiras acessíveis.

Link: Turismo Ilhabela – Acessibilidade

 

Chapada do Guimarães (MT)

Descrição: A Chapada do Guimarães se destaca com a primeira trilha para deficientes visuais, proporcionando uma experiência única em meio à natureza.

Como Chegar: Acessível por carro ou ônibus de Cuiabá, com opções de transporte adaptado.

O que Fazer: Explore a trilha adaptada no Espaço Turístico Chapada Aventura e aprecie a beleza natural do local.

Link: Espaço Turístico Chapada Aventura

 

Brotas (SP)

Descrição: Brotas é um destino ideal para aventuras, oferecendo rafting, arvorismo e tirolesa adaptados para pessoas com deficiência.

Como Chegar: Acessível por estradas bem conservadas, saindo de São Paulo ou Campinas.

O que Fazer: Participe de atividades de aventura adaptadas, como rafting e tirolesa.

Link: Brotas Aventura

 

Gramado (RS)

Descrição: Gramado é uma cidade turística com calçadas largas e rampas de acesso, e várias atrações adaptadas, como o Museu do Automóvel e o Lago Negro.

Como Chegar: A cidade é acessível por avião, ônibus ou carro, com infraestrutura adaptada para acessibilidade.

O que Fazer: Explore as ruas charmosas e atrações turísticas, como o Lago Negro e o Museu do Automóvel.

Link: Turismo Gramado – Acessibilidade

 

Macapá (AP)

Descrição: Macapá oferece experiências inclusivas com o projeto “Praia Acessível” e o “Mergulho da Inclusão”.

Como Chegar: Acesso pelo Aeroporto Internacional de Macapá, com transporte público adaptado.

O que Fazer: Participe do projeto “Praia Acessível” e experimente o “Mergulho da Inclusão” para uma experiência única.

Link: Turismo Macapá – Acessibilidade

 

Recife (PE)

Descrição: Recife oferece o programa “Praia sem Barreiras”, garantindo acesso e lazer na praia para pessoas com deficiência.

Como Chegar: Acessível por avião, através do Aeroporto Internacional do Recife, e por transporte público adaptado.

O que Fazer: Aproveite as praias acessíveis através do programa “Praia sem Barreiras” e explore os recifes de coral.

Link: Turismo Recife – Praia sem Barreiras

 

 

Nota Final: Este guia é um convite para explorar o Brasil de uma forma inclusiva e acessível. Cada destino oferece uma experiência única, garantindo que todos, independentemente de suas habilidades, possam desfrutar das maravilhas do país.

 

 

 

Mercado Adaptado
Feliz de saber sua opinião

Deixe uma Comentário


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Mercado Adaptado
Logo